O seu e-mail não será divulgado.
Clique aqui e encontre receitas pelo tema

Alimentos Congelados



Uma boa opção é levar a comida de casa, e pronta! Assim você não vai perder tempo nem dinheiro. Os alimentos congelados são a solução para os seus problemas. Confira nossas dicas e aprenda a economizar!

O congelamento é um processo de conservação de calor. É importante que seja feito com o maior cuidado no que se refere às condições de higiene.

As regras gerais que temos que seguir variam de acordo com o tipo de alimento que será congelado. Também tem que ser considerado sua conservação e seu descongelamento.

Regras Gerais

A seleção dos produtos destinados ao congelamento deve ser de excelente qualidade, ficar num lugar arejado e estar no ponto adequado.

Sua preparação para o congelamento deve ser feita com cuidado, sem danificá-los, e fazer com máxima higiene, limpeza e rapidez. A maioria dos vegetais exigem uma pré-preparação.

Os tratamentos que devem ser dados a cada tipo de alimento são diferentes e depende onde e para que será usado.

É muito importante evitar que os alimentos percam muita água e riscos de contaminação por bactérias. Os produtos que serão congelados devem ser embalados em embalagens impermeáveis, opacas e com etiqueta.

Cada embalagem deve ser congelada para ser consumida somente uma vez. Não se deve congelá-la devo, uma vez que já foi descongelado. As embalagens não devem ser muito grandes, e se possível colocadas em áreas planas, onde o processo de congelamento é mais rápido.

Todas as embalagens devem ser etiquetadas para evitar qualquer tipo de erro, indicando qual o produto, com o dia que o alimento foi congelado e a data de validade. Os alimentos que forem congelados primeiro devem ser consumidos com prioridade.

O congelamento deve ser realizado no menor tempo possível, a preparação, a embalagem e a etiqueta devem ser feitos imediatamente depois do congelamento do produto, colocando as embalagens que serão congeladas na parte mais fria do congelador.

O congelamento deve ser rápido. Sua duração não deve passar de 24 horas.

Mas deve levar em conta os seguintes passos

· A quantidade de alimento que será congelado não deve passar do poder de congelamento indicado em cada caso.

· O congelador deve estar ajustado em sua temperatura mais baixa.

· Os alimentos devem estar em temperatura ambiente ou resfriados na geladeira antes de ser congelado.

· Os alimentos que serão congelados, não devem ficar em contato com os alimentos já congelados.

Congelamento, conservação e descongelamento

Carnes

Você deve ser muito exigente no que se diz respeito à qualidade, estado e frescor das carnes que se destinam ao congelamento. As porções individuais tal como filés, chuletas ou escalopes serão separadas entre si utilizando-se uma folha de papel alumínio ou uma película de papel manteiga, para que possam ser utilizadas facilmente e sem esperar até que estejam descongeladas. O congelamento se realizará em pouco tempo.

As carnes de boi, cordeiro e vitela podem ser conservadas durante 8 ou 12 meses; a duração da conservação do porco é mais curta, devido a sua quantidade de gordura. As aves tem uma duração máxima de 4 meses. O descongelamento é uma operação muito importante e pode ser feito de várias formas:

- No refrigerador
- Com água fria
- Com o cozimento ou aquecimento dos pratos.

Peixes e Frutos do Mar

O peixe se presta a um bom congelamento, porém temos que considerar que é um produto delicado. E deve congelar-se antes de passar 3 horas da sua pesca; por isso não deve-se congelar o que se compra no mercado.

Sua conservação no congelador não deve passar mais de 6 meses, de acordo com o tipo de peixe (azul ou branco).

Seu descongelamento deve ser feito em sua própria embalagem, antes de ser cozido. E sua duração é de duas ou três horas, de acordo com a grossura do pacote. Também podemos colocar sob a torneira de água corrente sem retirar a embalagem.

Por regra geral, o peixe que vai ser consumido fervido não precisa ser descongelado.

Legumes e frutas

Para o seu bom congelamento deve-se ter em conta se os produtos estão maduros e frescos. É fundamental utilizar somente os produtos colhidos frescos, pois os vegetais perdem qualidades de sabor e valor nutritivo.

Os legumes devem ser lavados e limpos da mesma maneira que se fossem ser consumidos imediatamente. Feito isso devem ser escaldados e em alguns casos até secos.

O escaldamento consiste em introduzir as verduras em água fervendo durante alguns minutos e em seguida passá-las por água fria, escorrê-las e esperar até que estejam completamente frias para seu congelamento.

A preparação da fruta é muito mais delicada, pois necessita uma série de preparativos antes de seu congelamento, que deve ser feito nas horas seguintes a sua colheita.

Para sua proteção deve-se envolver em açúcar em pó ou em um xarope, adicionando sumo de limão para que não perca acidez. De acordo com a fruta que se vai utilizar poderá lavá-la, enquanto que em outros casos se deverá descascá-la.

As maçãs, assim como as pêras, deverão ser descascadas e cortadas em pedaços e em seguida submergidas em um xarope de açúcar quente durante uns três minutos, depois então deverá se colocar a fruta em recipientes adequados, que por norma geral devem ser recipientes rígidos; e sem demora deve-se então, proceder ao congelamento.

Os legumes e frutas poderão ficar no congelador por uma duração máxima de 6 e 12 meses, de acordo com o tipo, tanto em frutas como em verduras.

Congelamento de pratos preparados

Todos os tipos de pratos cozidos podem ser congelados, segundo suas preferências. Os assados podem ficar congelados por 3 meses e podem ser consumidos frios depois de descongelados. As carnes e os pescados com molho podem ser congelados sempre que o molho já estiver por cima, não havendo nenhum problema quando servidos.

As verduras podem ser congeladas ainda que não estejam completamente cozidas para que depois fique pronta apenas com o descongelamento e o aquecimento.

Dicas:

- Diminua o sal e a quantidade de gordura.
- Reduza o tempo de cozimento.
- Para dar liga nos molhos utilize maisena.
- Use recipientes que podem ser usados no forno.

Lembre-se sempre que uma vez cozidos os pratos e resfriados, devem ser congelados imediatamente.

Cadastre-se ou entre para salvar esta página.